Confira 5 atitudes que podem causar o divórcio e saiba evitá-las

As habilidades de uma mulher podem tornar o relacionamento mais apaixonado e pacífico em pouco tempo. Ela pode criar um "novo marido", com pequenas mudanças no próprio comportamento, e até evitar uma separação. Claro que existem maus companheiros – viciados em drogas, bebidas, jogos ou infiéis – que é melhor sumirem de vez do mapa. Mas quando o homem apresenta apenas pequenos defeitos, que não o tornam um péssimo marido, valer tentar manter o relacionamento. Para alertar aquelas que quiserem tentar salvar o casamento, o Huffington Post selecinou 5 atitudes que podem levar ao divórcio e também conta como evitá-las. 

Ignorar o esforço dele para te fazer feliz: maridos e esposas se esforçam de diferentes formas pelo casamento. Para a mulher, se sentir desejada e valorizada é vital. Já para o homem, respeito e sexo são de extrema importância. Você pode pensar no seu marido como uma exceção – como alguém que não quer te agradar -, mas ele simplesmente pode ficar inseguro por achar que não pode compensar seus desejos. Encoraje-o e valorize os esforços do parceiro. Ao rejeitar alguma tentativa do marido somente porque não era exatamente o esperado, você diminui as chances de melhorar a situação e ele vai pensar duas vezes antes de tentar agradá-la novamente. 

Agir em casa como se estivesse no trabalho: no trabalho, precisamos gerir projetos e conseguir aquela promoção. Em casa, os objetivos são diferentes, queremos sentir apreciação e ter apoio. Mas, se você tratar o marido como um empregado, ele irá se rebelar. Por isso, respeite-o e diga o que você quer em vez de mandá-lo fazer algo. Dê espaço para ele descobrir como te agradar.

Manipulação com o sexo: a maioria dos homens precisa mais de sexo do que as mulheres. Então, antes de se negar a fazer amor com o parceiro – seja para puni-lo ou porque está esgotada –, pense duas vezes. Você pode perder a chance de ganhar mais intimidade com ele e esfriar o relacionamento. 

Iniciar o divórcio: 66% a 90% de todos os divórcios são iniciados por mulheres.  Você pode pensar que o motivo é a infidelidade dos homens, mas existem casos em que a falta de ajuda com a criação dos filhos ou o distanciamento emocional causam o pedido. No entanto, várias destas mulheres, após o divórcio, concluem que o ex-marido era um bom companheiro e faltou apenas habilidade do casal para compartilhar as necessidades um do outro. Por isso, o ideal é tentar a comunicação e colocar as coisas nos eixos antes de se separar de uma pessoa que no fundo era boa para você.

Esperar ele melhorar: mesmo se houvesse um artigo para homens explicando o que eles podem fazer para melhorar seus casamentos, eles não iriam ler. A melhor forma de provocar mudanças no parceiro é agir diferente com ele. Em vez de criticar ou suplicar ao marido por mudanças, comece a reformular o seu próprio jeito de ser. 

 

fonte:http://mulher.terra.com.br/

publicado por adm às 23:34 | link do post | comentar